quinta-feira, 11 de julho de 2013

Quinta história

Bom dia meus amigos queridos! E vamos dar continuidade a mais uma emocionante história de adoção especial. Desta vez é a história da gatinha Mia, ela tem facebook e vocês podem entrar para acompanhar as suas aventuras.





A GATINHA MIA

Sou da Bahia, de um município pequeno chamado Araçás e pra começar já tenho mamãe. : D

A mamãe Sana. Com muita luta estou aqui a contar a minha pequena, mas dura, historia. ;)Fui encontrada pela Titia Laiza Santana no dia (03/01/13) na rua. Estava numa situação muito ruim, minhas perninhas traseiras não se moviam, eu me arrastava, estava cheia de ferimentos, miava muito e mordia de dores. 

E como a Titia Iza não podia ficar comigo foi à procura de ajuda, foi à procura da titia Dina, mas titia Dina não podia ficar comigo por causa dos outros sete filhinhos felinos que ela tem. Então a Mamãe Sana se ofereceu a ficar até o dia seguinte (04/01/13).No dia seguinte a mamãe Sana e a titia Dina já pretendiam me levar para outra cidade à procura de uma solução, porque no município onde moramos não temos veterinários, nem organizações para ajudar animaizinhos como eu. Nós fomos à procura de uma ONG. que se encontra em Alagoinhas- BA (Anjos de Quatro Patas). que cuida de animaizinhos abandonados como eu.
Então chegando lá, fomos recebidos por uma funcionária do lugar, que não pode dar muita informação para minha mamãe e titia. Mesmo assim como eu estava numa situação grave e minha mamãe não podia fazer muita coisa, minha mamãe & a titia Dina resolveram me deixar lá.Me deixaram, mas ficaram muito preocupadas, então ligaram muitas vezes, procurando saber como eu estava e se seria atendida por uma veterinária. Foi então que uma senhora atendeu o telefone e deu informações pra mamãe Sana. 
Disse que eu estava bem, só que não sabia se eu seria atendida pela veterinária, e que eu estando lá, seria como se tivesse na rua. Então minha mamãe ficou louca e preocupadíssima.No dia seguinte (05/01/13) a mamãe Sana foi me buscar. Chegando lá a Senhora que tinha falando com a mamãe por telefone, explicou que a situação lá não estava nada boa, vários animaizinhos doentes e a veterinária voluntaria estaria sem aparecer lá porque estava viajando e chegaria de viagem naquele dia.
Ela recomendou a mamãe me deixar lá para ver se na Segunda- Feira (07/01/12) eu seria atendida pela a Vet. e convidou a mamãe a me ver, para ter certeza que estava bem.
Mamãe ficou feliz em me ver mais forte, resolveu me deixar na ONG e na segunda ligaria pra saber informações sobre mim. No dia combinado titia Dina ligou pra ONG e elas disseram que eu fui atendida e que estava de alta, que a mamãe já podia me buscar.. ;) 
Titia Dina foi me buscar, chegando lá a Vet. estava no local e disse que eu estava super bem só que uma das minhas patinhas não tem mais como salvar e a outra precisaria de fisioterapia.Voltei pra casa da mamãe Sana no dia (08/01/13).
E a mamãe Sana está comigo & através da pagina que temos ajuda, ajuda muito especiais pra nós. Obrigada ♥
















A mamãe da Mia está fazendo uma rifa para ajudar nas despesas, quem quiser ajudar comprando um número é só clicar no link abaixo:





A Mia é linda. E é mais uma história linda de adoção especial. Com certeza ela traz muitas alegrias para a sua mamãe.



Beijos, Néia e Nikita:)

15 comentários :

DONA GAM (GAM DOLLS - 2) disse...

MAIS UMA INCRÍVEL LIÇÃO DE VIDA, MAIS UMA EMOCIONANTE HISTÓRIA.
PARABÉNS PELO CARINHO DA AMA E PELA SUA VONTADE DE VIVER, COLEGUINHA MIA.
ADORAMOS TE CONHECER, VIU?
UM ABRAÇO BEM BONITO, DA DONA GAM, DA MAUAU, DO GATO-TÔ, DO PHANTOM E DO GATITO! :)

Sandrass disse...

A Mia é linda!
Teve muita sorte com a sua mamãe e de certeza que a Mia dá muitas alegrias e muito carinho à sua mamãe ;)

Bjs

Beth disse...

Quanta superação não é Mia? Desejo que sejas muito feliz ainda por muitos anos junto a tua mamãe.
Beijinho,
Beth

Pretinha disse...

Que linda a história, a mamãe Sana teve muita coragem em assumir a Mia.
Fiquei contente de ver a Mia interagindo com outros gatos os olhinhos dela estão bem feliz.
beijos

Gisa disse...

Mia, és uma loirinha muuuito linda! Que São Chico continue te abençoando, assim como à tua mamãe e titia que te deram a chance de viver e ser feliz. Beijos mil

Silvia Freitas disse...

a Mia é a coisa mais linda! Fiquei encantada com ela. Já estou seguindo essa fofura no Face, e tenho certeza que com tanto amor ela nem percebe que tem problemas.
Graças a Deus existem anjos na Terra!

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Como vc é bonitinha, Mia
Que sorte que você encontrou uma mamãe tão legal, né?
Ronronzinhos e Lambeijinhos dos amiguinhos
Pepi, Xixo, juja e Jujuba

L. disse...

Já acompanho a Mia no facebook e achei muito bom a história dela ser contada aqui para mais pessoas conhecerem esse anjinho.Gostei muito do seu blog por que amo gatos.Agora sempre virei aqui .

Anne Lieri disse...

Mia,vc é muito fofa!Que bom que agora tem uma dona tão amorosa!Vou ver o link da rifa tb.Bjs,

Gateira e Blogueira disse...

Mais uma linda e emocionante história!

Adorei!!

Beijos!

Marilia Bavaresco disse...

Mia é linda demais da conta!
E uma gatinha muito muito muito abençoada!
=)

Blog da Pink disse...

A Mia é maravilhosa! Fiquei encantada com ela, além de fazer poses lindas ela ainda desfila na cadeira de rodas ao lado de outros lindos felinos! É uma história de muita superação e fico feliz que mesmo em um lugar tão distante existem pessoas maravilhosas que cuidam tão bem de uma gatinha tão especial!
Vocês conhecem a Liz Taylor? Ela é cega, mora em Fortaleza e tem um blog (defloredeliz.blogspot.com).
Beijos
Laís e Pink

Si da Toquinha disse...

Que história hein?? Lindo quando dão uma chance para um bichinho deficiente!
Bjsss
Si

Beatrice disse...

Mia, vc é linda!!! com certeza e com todo o amor que a mamãe te dá vai melhorar cada vez mais.
Mais uma historinha linda de doação e de amor aos nossos filhos especiais.
beijos.

Lívia Fernanda (I/O Gatos) disse...

Mas também, com uma carinho doce dessa, como não se apaixonar?? Parabéns à Mamãe Sana, por fazer um mundo melhor para essa gatinha!!

Beijinhos!