domingo, 28 de julho de 2013

Agora a história de adoção da Nikita

Boa tarde queridos amigos! Tudo bom com vocês?

Bom, esse mês foi mesmo muito especial com a vinda do nosso Papa Francisco. E foi especial estar aqui contando histórias de adoções especiais. Como o mês está chegando ao fim e não recebemos mais histórias lindas de adoção especial, começamos hoje o encerramento das histórias. 


Eu já contei aqui como foi a adoção da Nikita, mas faço questão de recontar esse momento que foi importante em minha vida.

Eu havia perdido minha gatinha Pitcha (carinhosamente Pitchula, nome dado porque na época os Mamonas Assassinas faziam o maior sucesso e depois abreviou-se como Pitcha) há 3 meses. Eu sempre fui apaixonada por gatos e não me lembro em momento nenhum de não ter um em minha vida, então perder minha amiga e companheira de 12 anos foi muito triste pra mim. Apesar de ter certeza de que nenhum animal substitui o outro, eu estava me sentindo vazia, triste, abandonada e foi quando entrei no site do AUG (Adote um Gatinho) que vi toda a história da Nikita contada por lá e não tive dúvidas, ela era aquela que seria a minha companheira agora. É interessante como só de olhar para o olhar dela em sua foto, eu senti que algo maior aconteceu. Parecia que eu estava olhando diretamente na alma da Nikita e foi isso que fez com que eu não tivesse dúvidas em adotá-la.
A Nikita foi encontrada com seis filhotes, amamentando e muito desnutrida pois, dava seu leite aos filhotes e passava fome. Imagina!!! Seu olhinho já estava perfurado, então não dá pra saber exatamente o que a cegou, se foi maldade humana ou briga com outro animal. Foi recolhida por um anjo chamado Neise, cuidada, amada e encaminhada para adoção. Sua adoção não durou 1 ano e sua dona a devolveu porque o médico disse que o seu filhinho lindo tinha alergias. (IGNORANTE). E, assim ela voltou para o AUG e nos braços de outro anjo, a Suzeli, ela pode viver em segurança e com carinho até ser adotada por mim.
Como eu disse, eu sempre tive gatos, mas nenhum com algum tipo de deficiência e pra falar a verdade, eu não vi e não vejo a deficiência na Nikita. Tamanho é o meu amor por ela que não consigo ver isso. A Nikita é totalmente linda, "normal", perfeita, carinhosa, amorosa, boazinha, tudo de muito bom. A sua adaptação não foi difícil, mas exigiu muita paciência, ela é bem assustadinha e com toda razão de ser, afinal imagina o que ela passou nas ruas? E depois quando estava acostumando a sua dona, ela a devolveu? Imagina a insegurança dessa menina. Meu amor por ela fez com que esse medo fosse diminuindo e hoje em dia ela está solta, dorme tranquilamente e tem segurança.
Adotar não é apenas ter condições financeiras para tal, é também ter paciência e respeito com o tempo que eles levarão para se adaptar, acostumar e senir-se seguros.
EU AMO A NIKITA, ELA É MUITO IMPORTANTE EM MINHA VIDA.





Ela sempre está assim, deitada em minha perna direita, me fazendo companhia, me esquentando, é meu amor.
Nessas férias ficamos muito juntas e sei que ela sentirá falta de mim e eu dela. Mas, faz parte, com a fé renovada depois de uma semana inteira assistindo, ouvindo e refletindo tudo o que o Papa Francisco nos disse, volto diferente. Com mais esperança, mais fé, mais felicidade. E que as nossas postagens possam ter inspirado pessoas a adotar um animal deficiente, porque é muito amor que a gente recebe. 


Uma semana abençoada pra vocês,

Beijos, Néia


15 comentários :

DONA GAM (GAM DOLLS - 2) disse...

QUE LINDA TUA HISTORINHA, COLEGA NIKITA!
ELA A TORNA AINDA MAIS ESPECIAL E BONITA, VIU?
PARABÉNS PELA VITÓRIA NO CONCURSO. CÊ MERECEU!
TENHAM UMA LINDA NOVA SEMANA,MENINAS.
UM ABRAÇO BEM BONITO, DA DONA GAM, DA MAUAU, DO GATO-TÔ, DO PHANTOM E DO GATITO!!! :)

bete kaulitz disse...

olá Neia tudo bem??? linda d+ a história da Nikita e de vcs duas juntas... eu tive o privilégio de a conhecer com seus bebês... ele sempre foi uma mamãe carinhosa e dedicada com seus filhotes queridos e ela merece todo o amor que vc tem por e sei que ela tem por vc.... ela encontrou em vc a mãezinha que fez a diferença que além do amor e carinho lhe deu respeito... a Neise é um doce de pessoa e sempre amou todos os gatinhos que passou pela vida dela como se fossem os dela mesmo e a Suzeli é uma amiga querida que tbém tem o amor amor por todos eles... as tristezas ficaram para t rás e agora é só felicidade...., amei todas as histórias contadas aqui de muito amor e superação... que possa mudar a cabeça de muita gente e ver de não animal deficiente e sim super especial e que vai transformar a vida de todos... lambjos prá nossa fofa Nikita e muitos bjos prá vc amiga....tenham uma semana abençoada... AMO VCS ♥♥♥

✿ chica disse...

Que lindo saber dessa história e que sorte que vocês se encontraram e estão vivendo essa relação linda!beijos,chica

Karina disse...

Linda a história da Nikita! Apesar de ter levado um tempo, Nikita encontrou uma pessoa especial que a ama e a respeita de verdade! Espero que mais "Neias" encontrem mais "Nikitas".
Beijos

Nina disse...

Oi Neia...
Que linda a história da Nikita...me emocionei....Parabéns a você e a Nikita pela vitória no concurso da Dona Gam....Ando meio ausente do blogger....tentando retornar aos poucos....mas o tempo por aqui voa...
Nyan nyan
Nina

Lívia Fernanda (I/O Gatos) disse...

Oi, Néia, eu não sabia da história da Nikita, mas recentemente eu havia visto um blog de uma protetora, acho que ela possui vínculo com a AUG, só não me lembro qual agora! Mas na hora que eu vi a foto, reconheci a Nikita de cara! Vi que a postagem era bem antiga, então pude conhecer melhor a origem da Nikita!

Eu também não consigo ver a deficiência da Nikita, a coisa que mais me chamou a atenção nela foi o fato de eu achá-la muito parecida com minha Brenda. Mesmo que as manchas não sejam exatamente iguais, mas eles possuem a mesma conformação de corpo e patas, cabeça média, corpo médio, nem muito redondos e nem muito esguios! E também o fato de serem sialatas! A única diferença é que a Brenda é muito temperamental, ao passo que a Nikita parece mais carinhosa!

Parabéns, Néia, você ganhou uma companheira e tanto!! Adorei essas histórias todas, são muito lindas!!

Beijinhos!!

eva disse...

Acho tão bonito ver tantas histórias de amor e companheirismo, de respeito aos animais, e foi isso que encontramos em cada história de adoção que passou pelo seu blog, e nada melhor que fechar com a da Nikita.
Néia acho sempre que o animal certo esta reservado para a pessoa certa, Nikita precisava do seu amor e vice-versa. Parabéns!
beijos

Marilia Bavaresco disse...

Emocionei.
Um animalzinho com deficiência nem sabe que lhe falta algo, se for tratado com amor. Vejo o Ébano sem a pata traseira. Ele faz tudo que os demais fazem e de vez em quando é mais rápido... ele só resmunga de vir pro colo porque tem medo de perder o equilíbrio.
Nikita, você é uma docinha, abençoada!
Um beijo

Gateira e Blogueira disse...

Linda história da sua Nikita!

Ela é simplesmente linda e perfeita!!

Tenho muita vontade de adotar um gatinho especial!!

Beijos!

Silvia Freitas disse...

Lindo desfecho das histórias com a adoção da Nikita. É muito triste mesmo perder nosso companheirinho, mas apesar de saber que cada um é diferente do outro, um novo amiguinho ajuda a renovar nossa tristeza.
parabéns por ter adotado esse ser lindo, que hoje vive em paz e com muita dignidade em sua casa.
Beijos para Néia e Nikita.

Pretinha disse...

Eu fico triste quando alguém devolve um bichinho, mas é preferível devolver do que jogar fora ou não cuidar direito, a Nikita teve muita sorte em ser escolhida por ti, eu não sabia a história de sofrimento dela, mas hoje dá pra ver que ela é feliz e muito bem amada.
beijos

Si da Toquinha disse...

A história é linda, a Nikita é uma fofa e não tem deficiência nenhuma, ela é perfeita!
Queria aproveitar aqui também pra agradecer os lindos presentes de aniversário que me mandou, amei tudo, de coração. Amanhã sai um post no blog, vai lá ver!
Beijão
Si

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Néia querida
Me emocionei com a história da Nikita
Fico feliz que encontrou um lar muito amor e respeito
Fique com Deus, amiga
Te desejo uma linda semana
Beijinhos afetuosos para tí e carinhos na Nikitinha
Verena e Bichinhos

Suzana Tamassia disse...

Que homenagem linda, Néia! Concordo com vc, não vejo nenhum defeito na Nikita!! Aposto que ela é tão "normal" quanto qualquer outro gatinho que tenha os dois olhos!
O que é um olho quando o coração é tão grande certo?
Ah, eu tb gostei muito da mensagem que o Papa deixou. Apesar de não ser religiosa, acredito muito no "fazer o bem" e acho que isso é o mais importante nos dias de hj.
bjos

Blog da Pink disse...

Eu já conhecia a história da Nikita e mesmo assim me emocionei novamente, como é triste pensar que ela teve seus filhotes sozinha e ficou desnutrida! Pior ainda é ser devolvida depois de 1 ano!!! Estes humanos são muito malvados! Ainda bem que agora ela tem essa vida de Rainha, toda feliz e muito amada! Adorei as histórias e quando eu for adotar uma gatinha no futuro não vou ver defeitos, só amor!
Beijos
Laís